Top
Peptan / blog  / Beleza  / O que consumidores conscientes precisam saber sobre os peptídeos de colágeno marinho
woman on a ferry banner

O que consumidores conscientes precisam saber sobre os peptídeos de colágeno marinho

19 Friday March

Os benefícios para a saúde dos peptídeos de colágeno são conhecidos há séculos. Nos últimos anos, têm aumentado as evidências dos seus benefícios para a beleza da pele e do cabelo, a saúde dos ossos e das articulações, e a recuperação esportiva. Atualmente, os peptídeos de colágeno produzidos através de peixes estão se tornando cada vez mais populares. Neste artigo, descrevemos de onde vêm estes peptídeos de colágeno marinho, como são produzidos e o que devemos levar em consideração, enquanto consumidor consciente, ao escolher os produtos.

 

O que são peptídeos de colágeno marinho?

Os peptídeos de colágeno marinho são um ingrediente à base de peixe, sendo utilizados numa série de produtos para saúde e beleza. Tal como os colágenos de origem bovina, suína e de outros produtos de peixe, estes peptídeos de colágeno são produzidos a partir de fontes naturais, 100% de origem animal – neste caso, as peles de peixe do oceano, que são capturados em estado selvagem. Os peptídeos de colágeno marinho estão tornando-se cada vez mais populares, tanto entre consumidores como entre fabricantes dos mercados da saúde, beleza e de produtos nutracêuticos.

 

<br /> Saiba mais sobre os peptídeos de colágeno

 

De onde vem o peixe dos peptídeos de colágeno marinho?

Os peptídeos de colágeno marinho podem ser de origens diferentes: peixes selvagens e peixes de aquacultura. O peixe selvagem é capturado por pescadores no seu ambiente natural, como oceanos, rios e lagos. O peixe de aquacultura tem origem em populações criadas em explorações, como instalações de criação de peixes. Os pescadores podem desempenhar um papel no processo de criação, para aumentar a produção. As fontes de origem em captura selvagem e de aquacultura são complementares. Equilibrar as suas origens e tratá-las com igual respeito pode ajudar-nos a alimentar o mundo.

 

Como são fabricados os peptídeos de colágeno marinho?

Os peptídeos de colágeno de peixe são os chamados peptídeos de colágeno tipo I. Estes são feitos de colágeno. Os peptídeos de colágeno tipo I representam o colágeno mais abundante no corpo humano; o Tipo I é a base de formação de uma pele bonita, tecidos conjuntivos flexíveis e ossos fortes. O processo de produção dos peptídeos de colágeno de peixe é o mesmo que o dos peptídeos de colágeno de qualquer outra origem. Começa por um processo natural de extração de gelatina a partir de matéria-prima que contém colágeno nativo. Segue-se um processo enzimático específico, designado por hidrólise, para converter a gelatina em peptídeos de colágeno – altamente biodisponível e bioativo.

 

Veja o vídeo para saber mais sobre o processo de produção de peptídeos de colágeno:

 

Quais são os benefícios dos peptídeos de colágeno?

Os benefícios para a saúde do colágeno e dos peptídeos de colágeno são reconhecidos há muitas gerações. Nos últimos anos, têm surgido cada vez mais evidências científicas sobre os seus benefícios para a beleza do cabelo e da pele, e a saúde dos ossos e das articulações. Investigações recentes também destacaram os benefícios para a recuperação esportiva.

Um artigo publicado1 recentemente expandiu o nosso entendimento sobre como e porquê os peptídeos de colágeno são tão eficazes, demonstrando a sua biodisponibilidade e bioatividade. Este artigo demonstra que a ingestão de peptídeos de colágeno Peptan® conduz a um maior nível de dipéptideos com transporte de hidroxiprolina no sangue. Estes dipéptideos são descritos como conduzindo a bioatividade e demonstraram ser responsáveis por benefícios para a saúde.

 

Saiba mais sobre Rousselot Health & Nutrition, a marca líder global por trás do Peptan

 

O que levar em consideração ao escolher peptídeos de colágeno de peixe?

Enquanto consumidor consciente, também devemos conhecer os padrões de segurança e qualidade para a sustentabilidade dos produtos. Em relação aos produtos, é importante garantir que as práticas de pesca por trás destes produtos são devidamente controladas e sustentáveis. Uma pesca sustentável significa que a população de peixes do oceano é mantida em níveis produtivos e saudáveis, o impacto ambiental é mínimo, os ecossistemas ao redor são respeitados e as pessoas que dependem da pesca conseguem manter a sua subsistência. Ao considerar os peptídeos de colágeno de origem de peixe marinho, podemos certamente aplicar estes mesmos padrões.

 

Como é assegurada a sustentabilidade dos peptídeos de colágeno de peixe marinho?

Há diversas organizações não-governamentais (ONG) no mundo que regulam e gerem as práticas de pesca, como o Marine Stewardship Council (MSC), a Marine Conservation Alliance (MCA), a Friend of the Sea (FOS) e outras. Para serem certificadas por qualquer uma destas organizações, as empresas de exploração piscícola devem cumprir requisitos rigorosos de sustentabilidade e de rastreabilidade de cadeias de fornecimento (como parte do programa de Cadeia de Custódia do MSC).

 

O que destaca o Marine Stewardship Council (MSC)?

O MSC é um dos rótulos mais reconhecidos para práticas de pesca sustentável e rastreabilidade de cadeias de fornecimento no mundo. Esta organização opera globalmente, e os produtos alimentares de origem marinha que apresentam este bem conhecido rótulo azul podem ser encontrados em inúmeros países, dos EUA à França, do Japão à China. O MSC é uma organização internacional não-lucrativa que pretende que as gerações futuras possam continuar a desfrutar de alimentos de origem marinha e de oceanos cheios de vida. A sua missão é utilizar rótulos ecológicos e certificação das pescas para contribuir para a saúde dos nossos oceanos, reconhecendo e recompensando as práticas de pesca sustentáveis, influenciando as escolhas que as pessoas fazem ao comprar peixe e marisco, e trabalhando com parceiros para tornar o mercado do peixe e do marisco sustentáveis. A principal missão do MSC é promover práticas que mantenham stocks de peixe sustentáveis, reduzir o impacto ambiental das pescas e tornar mais eficaz a gestão das pescas.

 

 

 

Saiba mais sobre a visão do MSC sobre pesca sustentável

 

Procurando peptídeos de colágeno marinho sustentáveis de origem limpa? Procure o rótulo azul MSC

Tudo isto significa que os peptídeos de colágeno marinho, fornecidos através de pescas com certificação MSC, são sustentáveis e bem geridos. Toda a cadeia de fornecimento por trás destes produtos – da pesca à fábrica – é auditada pelo MSC para garantir qualidade e transparência. Por isso, se estiver à procura de peptídeos de colágeno marinho sustentáveis, procure fornecedores com certificação MSC.

Onde o Peptan Marinho se encaixa na história dos peptídeos de colágeno de peixe sustentável?

Atualmente, existem muitos peptídeos de colágeno diferentes no mercado, e nem todos os peptídeos de colágeno são fabricados da mesma forma ou com o mesmo cuidado em relação ao planeta. Na Rousselot, queremos nos certificar de que os nossos produtos são de qualidade premium, e que os nossos produtos e processos têm um impacto positivo no planeta e na sociedade. Partilhamos a visão do Marine Stewardship Council sobre os oceanos repletos de vida para esta geração e para as futuras, e consequentemente proteger não só as populações de peixes, mas também os habitats dos oceanos, as comunidades piscatórias costeiras e as economias. O peixe que utilizamos para o Peptan Marinho é capturado em estado selvagem e fornecido exclusivamente através de pesca certificada pelo MSC.

 

Saiba mais sobre o Peptan® Marinho, o colágeno marinho que atende todos os requisitos

 

 

 

Siga-nos no Instagram para ficar por dentro das notícias sobre produtos no mercado com Peptan Marinho.

 

[1] Kleinnijenhuis, A.J., 2019. Non-targeted and targeted analysis of collagen hydrolysates during the course of digestion and absorption. Anal Bioanal Chem. 2019 Dec 24. doi: 10.1007/s00216-019-02323-x.

 

Você é fabricante de produtos finais? Saiba mais sobre o Peptan Marinho aqui.