28 Set

Nova publicação de estudos sobre a pele destaca a eficácia específica da ingestão de peptídeo de colágeno na reestruturação das camadas profundas da pele

Artigo disponível online onlinelibrary.wiley.com/journal/10.1111/(ISSN)1473-2165/earlyview. Na SupplySide West 2015, que acontece em Las Vegas de 5 a 9 de outubro, especialistas em Peptan estarão no estande nº 1357 da Rousselot/Peptan respondendo a perguntas sobre o artigo publicado recentemente.

 

Nova publicação de estudos sobre a pele destaca a eficácia específica da ingestão de peptídeo de colágeno na reestruturação das camadas profundas da pele

Artigo disponível online onlinelibrary.wiley.com/journal/10.1111/(ISSN)1473-2165/earlyview. Na SupplySide West 2015, que acontece em Las Vegas de 5 a 9 de outubro, especialistas em Peptan estarão no estande nº 1357 da Rousselot/Peptan respondendo a perguntas sobre o artigo publicado recentemente.

Son, Países Baixos [06 outubro 2015] - A primeira publicação científica abrangente de investigação sobre os benefícios antienvelhecimento dos peptídeos de colágeno Peptan® acaba de ser divulgada1. Publicado no Journal of Cosmetic Dermatology, esse último estudo eleva a um nível superior a ciência por trás da ingestão de peptídeos de colágeno como suplemento para a beleza da pele, revelando forte evidência clínica que comprova a capacidade do Peptan de reestruturar a rede de colágeno em camadas profundas da pele. Isso representa um verdadeiro avanço na ciência antienvelhecimento da pele. Os dados publicados recentemente apresentam também um efeito estatisticamente significativo dos peptídeos de colágeno Peptan na hidratação da pele, explicado pela estimulação da produção de ácido hialurônico.

Essa nova compilação de pesquisas em saúde da pele2 realizada pelos laboratórios dos principais institutos de dermatologia, o Laboratório Cosderma, o EC Biolab na França e o Souken Laboratory no Japão, apresentam evidências de dois testes clínicos duplo-cego e controlados por placebo em mulheres asiáticas e caucasianas com diferentes tipos de pele, sustentados por novos estudos ex vivo sobre tecido cutâneo.3. O estudo clínico apresentou importantes benefícios antienvelhecimento da pele: o Peptan diminuiu significativamente a fragmentação do colágeno na camada profunda da derme em 18% após quatro semanas e em até 31% após 12 semanas de consumo. O Peptan também aumentou significativamente a densidade de colágeno na derme em 9% após quatro semanas de consumo. A hidratação da pele aumentou impressionantes 28%, neutralizando a aparência de pele seca que normalmente ocorre com o envelhecimento. Os estudos ex vivo demonstraram os efeitos antienvelhecimento de Peptan de um ponto de vista sistemático, com as principais conclusões incluindo o efeito positivo do Peptan na capacidade das células da pele (fibroblastos) de produzirem fibras de colágeno e glicosaminoglicanos (GAGs), como o retentor de umidade ácido hialurônico.

Em comentário sobre os dados publicados, o Dr. Jérôme Asserin, do Laboratório COSDERMA, afirmou: “Na COSDERMA somos especializados na análise da segurança e eficácia dos ingredientes para a pele e asseguramos o alto nível de qualidade da pesquisa científica e de independência dos estudos. Os resultados para as mulheres que tomaram o suplemento de peptídeo de colágeno mostram um efeito real na reestruturação da rede de colágeno pela redução da fragmentação”.

O Dr. Elian Lati do Laboratório BIO-EC acrescentou: “Os resultados conseguidos pelos peptídeos de colágeno Peptan dentro do tecido cutâneo foram reais: há uma estimulação particularmente alta dos GAGs, como o ácido hialurônico. O estudo ex vivo forneceu informações importantes acerca dos mecanismos dos peptídeos de colágeno no nível do tecido, apresentando a base para seus efeitos antienvelhecimento”.

O artigo do Journal of Cosmetic Dermatology é a primeira publicação de dados evidenciando os efeitos de reestruturação da pele após o consumo de um ingrediente nutracêutico. Esses dados são fundamentados por um alto nível de pesquisa científica e são os únicos resultados até o momento que demonstram o mecanismo fundamental de como os peptídeos de colágeno ajudam a fortalecer e rejuvenescer as camadas profundas da pele e a manter a densa e coesa rede de colágeno, crucial para a prevenção de rugas e da flacidez. Também digno de nota é o efeito significativo dos peptídeos de colágeno Peptan na hidratação da pele, uma vez que manter uma boa hidratação da pele é fundamental para uma pele firme e macia, além de evitar a formação de microssulcos na pele. O estudo fornece evidência clara e conclusiva para apoiar o uso de peptídeos de colágeno em produtos do tipo “a beleza vem de dentro” para ingestão e oferece aos fabricantes uma solução comprovada de ingrediente ao vislumbrarem a entrada no dinâmico mercado de nutricosméticos.

Os peptídeos de colágeno Peptan são peptídeos bioativos seguros, otimizados por meio de um cuidadoso processo de hidrólise de modo a torná-los facilmente digestíveis, altamente biodisponíveis e capazes de promoverem benefícios específicos no tecido-alvo. Reconhecido globalmente como o ingrediente bioativo preferido pelas principais marcas de nutricosméticos, o Peptan conta agora com um aumento notável de popularidade nos mercados ocidentais, graças ao crescimento da indústria de nutricosméticos fora da Ásia. A investigação científica confiável oferece aos fabricantes, informações essenciais para a criação de uma clara diferenciação para seus produtos em um mercado competitivo.

References:

1. Assarin J. et al. 2015. The effect of oral collagen peptide supplementation on skin moisture and the dermal collagen network: evidence from an ex vivo model and randomized, placebo-controlled clinical trials. Journal of Cosmetic Dermatology, 0, 1-11

2. Os estudos foram encomendados pela Rousselot e realizados por institutos independentes.

3. Postlethwaite, A.E. et al. 1978. Chemotactic attraction of human fibroblasts to type I, II, and III collagens and collagen-derived peptides. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 75(2): 871-875.

3. Shigemura Y, et al. 2009. Effect of prolyl-hydroxyproline (Pro-Hyp), a food-derived collagen peptide in human blood, on growth of fibroblasts from mouse skin. Journal of Agricultural and Food Chemistry 57(2), 444-449

3. Ohara H, et al.  2010. Collagen-derived dipeptide, proline-hydroxyproline, stimulates cell proliferation and hyaluronic acid synthesis in cultured human dermal fibroblasts. Journal of Dermatology., 37: 330-338


Category